UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

08/07/2010 - 10h22

Uso da capacidade instalada da indústria recua em maio, nota CNI

BRASÍLIA - O nível de utilização da capacidade da indústria brasileira (UCI) apresentou o primeiro recuo em quatro meses, ficando em 82,3% em maio deste ano contra 82,8% em abril - redução de 0,5 ponto percentual - em termos dessazonalizados. Em maio de 2009, o indicador se encontrava em 79,4%.

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o índice original, sem ajuste, se situou em 82,9% em maio, contra 82,3% em abril. A leitura também é melhor do que a registrada em maio de 2009, de 79,9%.

Em um ano, houve um aumento de 3 pontos percentuais na UCI. De janeiro a maio, o indicador teve elevação de 2,9 pontos percentuais.

Em relatório, a CNI afirma que o indicador de maio ficou 0,9 ponto percentual abaixo do patamar pré-crise, de 83,2% em setembro de 2008. Na média, porém, a entidade reconhece que houve crescimento tanto na relação de 12 meses quanto nos cinco primeiros meses de 2010.

Entre os setores que mais avançaram na comparação com maio de 2009, a CNI destaca Metalurgia Básica, com alta de 16,4 pontos percentuais, Veículos Automotores, com crescimento de 7 pontos percentuais, e Minerais não-metálicos, que apresentou elevação de 5,5 pontos percentuais.

(Azelma Rodrigues | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host