UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/07/2010 - 11h13

Ibovespa cai mais de 1% e perde os 63 mil pontos; dólar vai a R$ 1,779

SÃO PAULO - O Ibovespa acentuou as perdas no pregão desta sexta-feira, após a abertura negativa das bolsas americanas. Na pauta do dia estão os balanços trimestrais de grandes empresas do país, como Google e General Eletric (GE) e de bancos como Bank of America (BofA) e Citigroup.

Por volta das 11h10, o Ibovespa recuava 1,09%, aos 62.795 pontos. O giro financeiro estava em R$ 890 milhões.

Na BM & F, o índice futuro, com vencimento em agosto, cedia 1,32%, para 63.200 pontos. Ontem, o Ibovespa subiu 0,02%, somando 63.489 pontos.

Em Wall Street, instantes atrás, o índice Dow Jones recuava 1,73%, enquanto o Nasdaq se desvalorizava em 1,97% e o S & P 500 tinha queda de 1,90%.

No Brasil, a proximidade do vencimento de opções sobre ações, que ocorre na segunda-feira (19), também poderá pesar sobre os negócios.

No front corporativo doméstico, eram poucos os papéis que registavam alta no Ibovespa, mas os destaques ficavam com as units da ALL (0,66%, a R$ 15,13), CCR Rodovias ON (0,60%, a R$ 37,99) e Klabin PN (0,40%, a R$ 4,90).

Na ponta oposta, as principais quedas do índice vinham de TAM PN (-2,59%, a R$ 28,10), de Gol PN (-2,61%, a R$ 23,47) e de Cyrela Realty ON (-2,72%, a R$ 21,40).

Entre as "blue chips", há pouco, Petrobras PN caía 0,51%, para R$ 26,97, e Vale PNA registrava baixa de 0,42%, para R$ 37,77.

Entre as notícias do dia, a OGX Petróleo e Gás concluiu a perfuração do poço 1-OGX-12-SPS, localizado na Bacia de Santos. A sonda atingiu profundidade de 5.074 metros e os técnicos encontraram dois reservatórios de pequenas espessuras com indícios de hidrocarbonetos, o que confirma que o sistema petrolífero está ativo.

Instantes atrás, os papéis ON da OGX recuavam 1,72%, a R$ 17,69.

No setor de telecomunicações, a proposta feita pela Telefónica para comprar a participação da Portugal Telecom na operadora brasileira Vivo, pelo valor de 7,15 bilhões de euros, se encerra hoje.

Há pouco, as ações PN da Vivo declinavam 2,05%, para R$ 45,35, enquanto os papéis ON recuavam 0,33%, a R$ 89,00.

No mercado cambial, depois de iniciar as operações em baixa, o dólar inverteu o rumo nesta sessão. Há pouco, a moeda americana subia 0,39%, cotada a R$ 1,777 na compra e a R$ 1,779 na venda. Na BM & F, o contrato com vencimento em agosto avançava 0,84%, cotado a R$ 1,782.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host