UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2010 - 13h01

Presidente do PT decide hoje se o partido vai processar vice de Serra

SÃO PAULO - O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, vai decidir hoje se o partido processará o vice-candidato à Presidência na chapa de José Serra, o deputado federal Indio da Costa (DEM-RJ).

O motivo do pedido seria a declaração de Indio que, na semana passada, acusou o PT de ter relações com o narcotráfico e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), não poupou o vice do tucano de críticas. "Acho que o Serra está profundamente arrependido de ter cedido à pressão do DEM. Ele (Indio da Costa) é um boboca", afirmou.

Já o secretário nacional de Comunicação do PT, deputado André Vargas (PT-PR), ironizou as declarações de Indio ao avaliar que elas beneficiam a campanha petista. "O Indio do Serra deveria continuar mostrando como conhece a política nacional. É o vice dos nossos sonhos. Tá ajudando muito mesmo", disse Vargas por meio do microblog Twitter.

O vice de Serra, contudo, recebeu apoios pela rede de microblogs. Líder do DEM na Câmara, o deputado Paulo Bornhausen (SC) alegou que todos já sabem que o PT tem ligações "umbilicais" com as Farcs. "O que falta é a Justiça agir", afirmou.

"O PT quer processar Indio, vice de Serra, que postou na internet um comentário dizendo que o PT é ligado as Farc", disse o presidente nacional do PTB, o ex-deputado federal, Roberto Jefferson, questionando se não era de fato.

(Fernando Taquari | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host