UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/07/2010 - 18h50

Vendas de e-book para Kindle superam as de livros capa dura

SÃO PAULO - As vendas do leitor digital de livros Kindle, fabricado pela Amazon, triplicou desde que a empresa cortou o preço do produto no final do mês passado. De US$ 259, o e-reader passou a custar US$ 189. O corte de preço foi suficiente para fazer as vendas subirem não somente no aparelho como na quantidade de livros para o formato Kindle.

Segundo Jeff Bezos, CEO da empresa, a comercialização de livros para o formato Kindle ultrapassou a de livros de capa dura.

Nos últimos três meses, 143 livros Kindle foram vendidos para cada 100 capa dura, mas quando esse tempo é reduzido para um mês, é de 180 livros Kindle para cada 100 capa dura. As vendas totais e-books triplicaram desde o primeiro semestre de 2009 ao primeiro semestre de 2010.

"Os clientes da Amazon compram atualmente mais livros para o Kindle do que os de capa dura. Se você considerar que vendemos livros há 15 anos e Kindle há 33 meses, isso é realmente impressionante", disse Bezos, em release à imprensa.

(Tatiana Schnoor | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host