UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

20/07/2010 - 17h57

Produção de alumínio recua 1,1% no semestre, diz Abal

SÃO PAULO - A produção brasileira de alumínio primário alcançou 761,2 mil toneladas no primeiro semestre, marcando queda de 1,1% em relação a igual período de 2009, quando foram produzidas 769,6 mil toneladas.

Os números foram divulgados hoje pela Associação Brasileira do Alumínio (Abal), que também reportou 126,6 mil toneladas produzidas em junho, 0,8% acima do volume apurado no mesmo mês do ano passado.

Pesou no resultado do semestre a desativação das atividades de fundição de alumínio da Valesul a partir de abril de 2009, junto com a menor atividade das unidades da Albras, subsidiária da Vale no Pará, da BHP Billiton e da Novelis.

No caso da Albras, a produção encolheu 2,2% no semestre, para 221,6 mil toneladas. Já a produção da BHP Billiton no Maranhão cedeu 0,6%, para 85,6 mil toneladas, enquanto que nas unidades da Novelis em Minas Gerais e na Bahia houve baixa de 7,7%, para 46,8 mil toneladas.

Na contramão, a Alcoa ampliou a produção em Minas Gerais e no Maranhão em 5,9%, chegando a 172 mil toneladas. Também em alta, o volume da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) em São Paulo avançou 0,7%, para 235,2 mil toneladas nos seis primeiros meses deste ano.

(Eduardo Laguna | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host