UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/07/2010 - 09h49

Após cinco altas seguidas, Bovespa aponta para abertura negativa

SÃO PAULO - Depois do foco nos resultados do teste de estresse dos bancos europeus na última sexta-feira, a semana começa com os investidores atentos aos números da economia americana.

Nesta segunda-feira, os agentes analisam o índice de atividade do Federal Reserve (Fed) de Chicago e o indicador referente ao setor industrial, medido pelo Fed de Dallas. Já o Departamento de Comércio divulga a venda de novos imóveis de junho.

Pela manhã, os índices futuros sinalizavam uma abertura negativa das bolsas americanas e, no Brasil, o Ibovespa futuro acompanhava essa trajetória. Há pouco, o índice recuava 0,26%, para 66.675 pontos.

Na última sexta-feira, o Ibovespa registrou acréscimo de 0,87%, aos 66.322 pontos. O giro financeiro atingiu R$ 4,682 bilhões. Na semana, o índice subiu 6,39%, o que representou a maior alta para o período desde a primeira semana de maio de 2009, quando avançou 8,68%.

Vale lembrar que um movimento de realização de lucros não pode ser descartado, diante das cinco altas seguidas do Ibovespa.

No cenário externo, a Coreia do Sul mostrou uma desaceleração em seu crescimento econômico no segundo trimestre de 2010, devido a uma retração na construção e no setor de serviços e a redução dos gastos do governo, apesar da alta nas exportações, na indústria e nos investimentos.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,5% nos três meses até 30 de junho, após aumentar 2,1% no primeiro trimestre, anunciou hoje o Banco da Coreia.

Em relação a igual período do ano passado, a economia cresceu 7,2%. Os dados são preliminares e podem ser modificados em revisão posterior.

No âmbito corporativo, é esperado o anúncio de mudanças no corpo diretivo da petrolífera BP. O diretor administrativo da companhia, Bob Dudley, que supervisiona a criticada reação da empresa à crise do vazamento de petróleo no Golfo do México é a opção mais provável para substituir o diretor-executivo Tony Hayward.

A BP informou hoje que "nenhuma decisão final" havia sido tomada sobre mudanças de gestão. A companhia disse que seu conselho se reuniria hoje à noite, um dia antes de anunciar o balanço do segundo trimestre.

Na Ásia, as bolsas iniciaram a semana no campo positivo, reagindo aos resultados dos testes de estresse aos quais foram submetidos recentemente os bancos europeus.

No Japão, o índice Nikkei 225, da bolsa de Tóquio, avançou 0,77%, enquanto, na China, o Shanghai Composite subiu 0,65%. O índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, ainda apresentou valorização de 0,12% e, na bolsa de Taipé, o Taiwan Taiex subiu 0,34%.

Na Coreia do Sul o índice Kospi subiu 0,63%, para 1.769,07 pontos, com os dados positivos sobre a economia da região.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host