UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/07/2010 - 11h09

Ibovespa sobe para 66.591 pontos; dólar avança para R$ 1,772

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou a definir uma direção nos negócios desta segunda-feira, após a divulgação de um indicador do mercado imobiliário americano que superou as expectativas.

De acordo com o Departamento do Comércio do país, as vendas de casas novas nos Estados Unidos subiram 23,6% entre maio e junho, para uma taxa anualizada sazonalmente ajustada de 330 mil unidades. Na comparação com junho de 2009, entretanto, foi registrada uma queda de 16,7%.

Pela manhã, o Ibovespa já oscilou entre 66.194 e 66.613 pontos. Por volta das 11h05 o principal índice do mercado acionário brasileiro subia 0,41%, aos 66.591 pontos. O giro financeiro estava em R$ 729 milhões.

Na BM & F, o índice futuro, com vencimento em agosto, avançava 0,05%, para 66.885 pontos. Na sexta-feira passada, o Ibovespa teve valorização de 0,87% e marcou 66.322 pontos.

Em Wall Street, as bolsas operam no campo positivo. Instantes atrás, o índice Dow Jones tinha alta de 0,50%, enquanto o Nasdaq se valorizava em 0,40% e o S & P 500 se apreciava em 0,53%.

Na agenda desta jornada, destaque apenas para os números da economia americana. Logo cedo, o Federal Reserve (Fed) de Chicago mostrou que o índice de atividade nacional registrou queda expressiva no mês passado. Em junho, a leitura correspondeu a 0,63 ponto negativo, ante o número positivo de 0,31 de maio (dado revisado).

De acordo com a instituição, a piora foi puxada pela deterioração nos indicadores de produção e emprego.

No ambiente doméstico, há pouco, as maiores quedas do Ibovespa partiam das ações B2W ON (-1,93%, a R$ 30,85), das units da ALL (-1,56%, a R$ 15,68) e dos papéis Net PN (-0,95%, a R$ 18,76).

No sentido oposto, as principais altas do índice partiam dos papéis MRV ON (2,80%, a R$ 15,42), Fibria ON (2,02%, a R$ 28,66) e Redecard ON (1,80%, a R$ 25,95).

As "blue chips" também operavam no azul. Minutos atrás, enquanto Petrobras PN avançava 0,28%, a R$ 27,84, Vale PNA subia 0,37%, a R$ 42,37.

No mercado cambial, o dólar continua a se apreciar em relação à moeda brasileira, apesar de cair ante o euro e a libra. Há pouco, a divisa americana subia 0,68%, cotada a R$ 1,772 na venda. Já na BM & F, o contrato com vencimento em agosto recuava 0,14%, cotado a R$ 1,7735.

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host