UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

26/07/2010 - 17h43

Wall Street termina sessão em alta, com dados corporativos otimistas

SÃO PAULO - Os principais índices de Wall Street fecharam em alta nesta segunda-feira. O clima positivo no âmbito corporativo e a melhora no setor imobiliário dos EUA impulsionaram as altas desta sessão. O índice Dow Jones apresentou valorização de 0,97%, aos 10.526 pontos. O Nasdaq, por sua vez, subiu 1,19%, aos 2.296 pontos. O S & P-500 também avançou 1,12%, aos 1.115 pontos. A recuperação da economia global mostrou que continua em curso, por meio das projeções das empresas. Hoje, a empresa de entregas americana Fedex revisou para cima suas projeções de lucros para 2010. A companhia espera ganhos no intervalo de US$ 4,60 a US$ 5,20 por ação, sendo que as estimativas anteriores apontavam para a faixa de US$ 4,40 a US$ 5,0 por ação. A japonesa Sony, por sua vez, projetou sua saída do prejuízo no período de abril a junho. Segundo informou hoje o jornal japonês Nikkei, a empresa afirmou que deve alcançar um lucro operacional no intervalo de 10 bilhões de ienes a 30 bilhões de ienes (de US$ 114 milhões a US$ 343 milhões).

Também chamou atenção, as vendas de casas novas nos EUA, que aumentaram 26,3% em junho, comparativamente a maio deste ano, para uma taxa anualizada sazonalmente ajustada de 330 mil unidades.

Os investidores receberam ainda os dados sobre as exportações japonesas, que subiram 27,7% em junho, para 5,8 trilhões de ienes (US$ 67,2 bilhões). Por outro lado, os índices sobre a indústria dos EUA vieram desanimadores. O índice de atividade manufatureira medido pelo Federal Reserve (Fed) de Dallas apresentou nova piora em julho, marcando o nível mais baixo em um ano. Também marcou recuo o índice de atividade nacional de Chicago referente a junho.

(Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host