UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/08/2010 - 07h45

Bolsas asiáticas fecham sem direção; Japão cai 2,11%

SÃO PAULO - As Bolsas da Ásia encerraram as operações desta quarta-feira sem tendência, reagindo de formas distintas aos indicadores econômicos da região e dos Estados Unidos.

No Japão, a valorização do iene frente ao dólar derrubou o índice Nikkei 225, da Bolsa de Tóquio, que recuou 2,11%, para 9.489,34 pontos. Também fecharam no vermelho as Bolsas da Coreia do Sul e da Austrália.

Em Seul, o índice Kospi caiu 0,07%, para 1.789,26 pontos, enquanto em Sydney, o índice S & P/ASX 200 teve queda de 0,65%, para 4.542,10 pontos. Os mercados receberam mal os dados de vendas de imóveis residenciais usados nos Estados Unidos, que apontaram novo recuo em junho. Segundo a Associação dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês) do país, o indicador que mede a comercialização de imóveis residenciais usados nos Estados Unidos caiu 2,6%, para 75,7 pontos. Também impactaram os negócios as informações do Departamento de Comércio dos Estados Unidos referentes à indústria. As encomendas às indústrias americanas encolheram 1,2% em junho, após já terem caído 1,8% em maio.

Na China, entretanto, o índice Shanghai Composite, da Bolsa de Xangai, registrou alta de 0,44%, aos 2.638,52 pontos, puxado por empresas do setor agrícola, que reagiram aos rumores de alta nos preços dos alimentos. Já em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,43%, para 21.549,88 pontos, e o índice Taiwan Taiex, da Bolsa de Taipé, avançou 0,19%, para 7.972,66 pontos.

(Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host