UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

04/08/2010 - 17h47

Petróleo recua depois de três sessões em alta

SÃO PAULO - Os preços internacionais do petróleo encerraram a sessão desta quarta-feira em queda, apesar dos dados positivos no mercado de trabalho americano e revertendo a tendência que se desenhou nas últimas três sessões.

Os investidores analisaram indicadores que mostram que a recuperação da economia dos EUA segue em curso, mas em baixa velocidade.

Em Nova York, o barril do WTI para entrega em setembro fechou a US$ 82,47, com queda de US$ 0,08, enquanto o vencimento de outubro terminou valendo US$ 82,91, com o mesmo recuo de US$ 0,08. Em Londres, o Brent para setembro perdeu US$ 0,48, para US$ 82,20, e o contrato de outubro foi cotado a US$ 82,48, com desvalorização de US$ 0,28.

Os agentes receberam o resultado da geração de vagas de trabalho nos EUA. Segundo o levantamento da ADP, empresa que processa folha de pagamentos, o setor privado americano gerou 42 mil postos entre junho e julho, acima do esperado pelos analistas.

Já dados da empresa de recolocação Challenger, Gray & Christmas mostraram que as empresas americanas anunciaram planos de cortar 41.676 profissionais em julho, volume 6% superior ao plano de 39.358 demissões anunciado em junho deste ano. Apesar do aumento mensal, o volume é 57% inferior ao total de 97.373 cortes anunciado em julho do ano passado.

Influenciou ainda as negociações os dados sobre os estoques de petróleo cru dos Estados Unidos, que declinaram em 2,8 milhões de barris na semana passada, em relação à retrasada, para 358 milhões de barris. O mercado projetava queda menor, de 1,2 milhão de barris.

(Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host