UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2010 - 07h46

Bolsas da Ásia seguem sem direção; Japão sobe 1,73%

SÃO PAULO - Os negócios nos mercados acionários asiáticos permanecem sem direção definida. Nesta quinta-feira, parte das bolsas da Ásia reagiu positivamente aos dados referentes ao mercado de trabalho nos Estados Unidos e ao balanço da montadora Toyota, divulgados ontem.

As operações foram puxadas pela bolsa japonesa, com o índice Nikkei 225 subindo 1,73% em Tóquio, para 9.653,92 pontos. Em Sydney, o S & P/ASX 200 avançou 0,54%, para 4.566,50 pontos, enquanto em Hong Kong, o índice Hang Seng ficou praticamente estável. O indicador registrou 0,01% de ganho, fechando aos 21.551,72 pontos.

Os investidores se surpreenderam com as informações da ADP, empresa que processa folhas de pagamento nos Estados Unidos. A companhia informou que foram criados 42 mil empregos no setor privado em julho, número que superou as expectativas do mercado.

Os resultados da Toyota também vieram acima das previsões, com a montadora elevando as vendas, registrando lucro de US$ 2,2 bilhões no segundo trimestre e revertendo o prejuízo contabilizado um ano antes.

Os dados positivos, porém, não foram suficientes para neutralizar o mau humor no mercado chinês. O índice Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, caiu 0,67%, para 2.620,76 pontos, com a dissipação das expectativas dos investidores quanto ao abrandamento das medidas de contenção de crédito na China.

Em Seul, os negócios também ficaram no vermelho. O índice Kospi recuou 0,30%, para 1.783,86 pontos e, na bolsa de Taipé, o Taiwan Taiex caiu 0,45%, para 7.936,85.

(Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host