UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2010 - 18h06

Dados do mercado de trabalho pressionam mercados e Wall Street perde

SÃO PAULO - Depois da decepção dos investidores com os dados do mercado de trabalho nos EUA, os principais índices de Wall Street fecharam em queda nesta quinta-feira.
O índice Dow Jones perdeu 0,05%, aos 10.675 pontos. O Nasdaq recuou 0,46%, aos 2.293 pontos. O S & P-500, por sua vez, apresentou desvalorização de 0,13%, aos 1.126 pontos.
Logo pela manhã, o mercado conheceu os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, que somaram 479 mil na semana fechada no dia 31 de julho, o que representa um aumento de 19 mil em relação à leitura de uma semana antes (460 mil, após revisão). O resultado ficou acima das expectativas do mercado, que projetava queda no número de pedidos iniciais do benefício.
Resultados corporativos também influenciaram as negociações. Na Europa, a Unilever reportou um aumento de 39% no lucro líquido do segundo trimestre. Mas, a empresa alertou sobre uma conjuntura econômica difícil no futuro, já que espera menores gastos dos consumidores na Europa e América do Norte.

Limitou as perdas, resultados positivos, como o do banco Barclays, que viu seu lucro líquido subir 29% no primeiro semestre, para 2,4 bilhões de libras (US$ 3,9 bilhões).

(Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host