UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2010 - 17h29

Diferença de preço entre genérico chega a 295,92%, diz Procon-SP

SÃO PAULO - A diferença de preços entre medicamentos genéricos pode chegar a 295,92%. Entre os medicamentos de referência, a variação é de 91,69%. Os dados foram apresentados nesta quinta-feira pela pesquisa do Procon-SP, que avaliou os preços de 52 medicamentos diferentes, em 15 drogarias de cinco regiões do município de São Paulo, entre os dias 30 de junho e 1º de julho.
Segundo o Procon-SP os genéricos são, em média, 52,88% mais baratos que os medicamentos de referência.

O Procon-SP ressalta ainda que o genérico de um mesmo laboratório também pode apresentar preços diferentes entre as drogarias e farmácias.
O órgão orienta os consumidores a pesquisarem os preços por meio da lista de Preço Máximo ao Consumidor (PMC) dos medicamentos disponíveis no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (www.anvisa.gov.br).
Maiores variações de preço
Medicamentos genéricos
Diferença: 295,92%
Medicamento: Dipirona Sódica
Apresentação: 500 mg/ml - Gotas 10 ml
Maior preço: R$ 3,88
Menor preço: R$ 0,98
Diferença valor absoluto: R$ 2,90
Medicamento de referência
Diferença: 91,69%
Medicamento: Dexason (Acetato de Dexametasona) - Teuto
Apresentação: 1mg/g - creme dermatológico 10g Maior preço: R$ 8,07 Menor preço: R$ 4,21 Diferença valor absoluto: R$ 3,86.

(Tatiana Schnoor | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host