UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2010 - 18h14

Ibovespa descola de Wall Street e fecha em alta; telecom é destaque

SÃO PAULO - Em um dia de poucas emoções para o mercado acionário brasileiro, o Ibovespa encerrou os negócios em alta, embora com uma variação muito tímida.

O índice oscilou entre 68.470 e 68.002 pontos e encerrou os negócios com valorização de 0,20%, aos 68.411 pontos. O giro financeiro atingiu R$ 5,128 bilhões.

Já em Wall Street, as bolsas fecharam no vermelho. Enquanto o índice Dow Jones teve leve queda de 0,05%, o S & P 500 registrou perda de 0,13% e o Nasdaq recuou 0,46%.

Único destaque da jornada, os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos atingiram 479 mil na semana fechada no dia 31 de julho, o que representou um aumento de 19 mil em relação à leitura de uma semana antes (460 mil, após revisão). O mercado projetava uma queda no número de pedidos iniciais do benefício.

A cautela dos investidores ainda ocorreu diante da expectativa pelos dados do "payroll" e da taxa de desemprego americanos, que saem amanhã.

"Com os pedidos piores que o esperado, o mercado externo aproveitou para realizar um pouco dos lucros. Aqui, tivemos uma reação mais tarde, mas as atenções estão direcionadas para o 'payroll'. Se os números vierem piores, poderemos ter uma realização de curto prazo. O grande dia da semana será amanhã, com indicadores de peso", comentou o gestor de renda variável da Máxima Asset, Felipe Casotti.

No ambiente corporativo doméstico, o foco do mercado esteve voltado ao setor de telecomunicações.

A Embratel anunciou que lançará uma oferta pública voluntária (OPA) para comprar até 100% das ações preferenciais da operadora de telecomunicações Net. Se todos os acionistas preferenciais aceitarem a proposta, o valor desembolsado pela empresa será de cerca de R$ 4,57 bilhões.

A proposta da Embratel é pagar R$ 23 por ação preferencial à vista, o que corresponde a um prêmio de 23,1% sobre a média de fechamento dos pregões dos últimos 30 dias.

Embora a operação tenha sido avaliada como positiva por analistas, algumas instituições chamaram atenção para o preço proposto. A Ativa Corretora, por exemplo, considerou o valor baixo, já que estima que o preço justo do papel Net PN seja de R$ 28,00 por ação.

Além disso, matéria publicada pelo jornal "O Globo" revelou que a companhia inglesa Vodafone pretende entrar no Brasil por meio do grupo Telecom Italia, dona da TIM Brasil.

Os papéis PN da Net dispararam 13,2%, para R$ 22,63 e tiveram o terceiro maior volume do dia, com R$ 309,6 milhões negociados.

Ainda entre as principais valorizações do Ibovespa estiveram os papéis ON e PN da TIM Participações, com apreciação de 11,88% e 5,16%, respectivamente cotados a R$ 8,0 e a R$ 5,5.

As chamadas "blue chips" também fecharam no azul e ajudaram o Ibovespa a se descolar do mercado americano. Enquanto as ações PNA da Vale subiram 0,36%, a R$ 44,10, com giro de R$ 529,1 milhões, os papéis PN da Petrobras avançaram 0,30%, para R$ 29,43, com total negociado de R$ 326,6 milhões.

Na direção oposta, as maiores quedas do índice partiram das ações Duratex ON (-2,66%, a R$ 17,91). A companhia anunciou um lucro de R$ 111,688 milhões no segundo trimestre de 2010, resultado 134% superior aos R$ 47,780 milhões apresentados um ano antes.

Além disso, os papéis ON da Gafisa cederam 2,62%, a R$ 12,60, as ações ON da Telemar perderam 2,59%, a R$ 30,73, e Gol PN recuou 2,42%, a R$ 23,32.

Ontem, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) revelou que os altos índices de atrasos e cancelamentos de voos da Gol, registrados do fim de semana até a terça-feira, vão custar, no mínimo, R$ 2 milhões para a empresa.

E, na safra de balanços, a siderúrgica Gerdau encerrou o segundo trimestre do ano com lucro líquido de R$ 856 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 329 milhões registrado no mesmo período do ano passado. As ações PN da empresa subiram 0,37%, para R$ 26,94.

Já a Cielo - empresa de cartões de pagamento, antes chamada de Visanet - reportou lucro de R$ 457,7 milhões no segundo trimestre, um incremento de 25,5% sobre o resultado líquido apurado no mesmo período de 2009 (R$ 364,8 milhões). Os papéis ON da companhia caíram 1,12%, a R$ 15,8.

Fora do Ibovespa, destaque para os papéis ON da Tegma, que se apreciaram em 4,45%, a R$ 15,25. A companhia fechou o segundo trimestre do ano com lucro líquido de R$ 27,2 milhões, o que correspondeu a um crescimento de 72,2% em relação ao total apurado em igual período de 2009 (R$ 15,8 milhões).

(Beatriz Cutait | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host