UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

05/08/2010 - 08h22

IGP-DI segue desaceleração com taxa de 0,22% em julho

SÃO PAULO - O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) avançou 0,22%, em julho, na comparação com o mês anterior, e manteve o ritmo de desaceleração observado em junho, quando a variação foi de 0,34% ante maio. No acumulado do ano, a alta é de 5,71% e, em 12 meses, de 5,98%.

A projeção de analistas consultados pelo Banco Central no Boletim Focus para o indicador era de inflação de 0,20% no mês, de acordo com o último levantamento semanal.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que abrange o atacado, apresentou alta de 0,34% em julho, mantendo a curva descendente na comparação com a taxa de 0,43% registrada em junho e o índice de 2,06% em maio. Dentro do IPA, os Bens Finais apresentaram recuo de 0,58%, ante queda de 0,17% em junho
O grupo Matérias-Primas Brutas registrou avanço de 2,02% em julho na comparação com a alta de 1,57% observada no mês anterior. A categoria de Bens Intermediários manteve a desaceleração registrando taxa de 0,05% em julho, ante elevação de 0,22% em junho.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) repetiu o recuo de 0,21% registrado em junho. Neste componente do IGP-DI houve desaceleração em quatro das sete classes de despesa componentes do índice: Vestuário (alta de 0,71% para recuo de 0,70%), Educação, Leitura e Recreação (avanço de 0,01% para redução de 0,10%), Habitação (crescimento de 0,29% para 0,23%) e Saúde e Cuidados Pessoais (avanço de 0,46% para 0,42%).
O movimento de desaceleração também foi observado no Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) que saiu de avanço de 1,09% em junho para 0,44% em julho. Neste grupo, a maior variação ocorreu no índice de mão de obra, que saiu de 1,30% para 0,46%.
(Daniela Braun | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host