UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/08/2010 - 20h34

Light lucra R$ 98,3 milhões no segundo trimestre

SÃO PAULO - A Light, distribuidora de energia do Rio de Janeiro, apresentou queda de 19,1% no lucro líquido do segundo trimestre, para R$ 98,3 milhões. A receita líquida subiu 10,0%, para R$ 1,4 bilhão. O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação somou R$ 319,1 milhões, alta de 44,6% sobre os R$ 220,6 milhões do segundo trimestre de 2009.

Segundo a companhia, o faturamento foi impulsionado pelo aumento de 5,2% no consumo de energia no trimestre, que totalizou 5.498 GWh. O mercado livre foi destaque de crescimento, com avanço de 22,2% no período.

O aumento da demanda no mercado cativo, segundo a Light, reflete a melhoria das condições econômicas, com crescimento da renda, da base de clientes e do maior acesso a eletrodomésticos.

A companhia conseguiu reduzir em 0,7 ponto percentual as perdas de energia em relação a março. Ainda assim, as perdas representaram 42% do mercado de baixa tensão em junho. A empresa intensificou as ações para combater os "gatos", regularizando ligações clandestinas. Ao todo, cerca de 40 mil clientes tiveram a situação regularizada no primeiro semestre.

A Light encerrou o trimestre com dívida líquida de R$ 1,805 bilhão, 18,5% acima da posição de março e 9,6% superior à dívida em junho de 2009. Apesar do aumento, o índice de alavancagem - dívida líquida/Ebitda - manteve-se em 1,4 vez.

Os investimentos da Light somaram cerca de R$ 250 milhões no semestre, com destaque para desenvolvimento de redes de distribuição e transmissão; melhoria da qualidade do fornecimento e manutenção preventiva; blindagem de rede, sistema de medição eletrônica, regularização de fraudes e novos projetos de geração.

(Téo Takar | Valor)
Hospedagem: UOL Host