UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/08/2010 - 13h34

Venda de imóveis na Grande SP recua em maio

SÃO PAULO - Foram vendidos na região metropolitana de São Paulo 4,149 mil imóveis novos residenciais em maio, o que representou uma queda de 46,3% frente a abril. O total ficou abaixo do número de lançamentos na região no período. A pesquisa do Departamento de Economia e Estatística do Sindicato das Empresas de Compra, Locação e Administração de Imóveis Comerciais de São Paulo (Secovi-SP) mostrou ainda que o total de unidades vendidas com relação ao total de imóveis novos em oferta na região caiu de 26,2% para 15,7%. O indicador, chamado de Vendas sobre Oferta (VSO), foi puxado pela capital, onde o VSO recuou de 25,3% para 16,7%. "O comportamento seguiu a tendência observada pela pesquisa na cidade de São Paulo", constatou a entidade, em nota. Em maio, a capital participou com 47% no total vendido na região metropolitana e totalizou vendas de 1,949 mil unidades, um declínio de 39,8%.

Na classificação por dormitórios, as vendas de imóveis de dois e três dormitórios representaram 74,1% do total negociado no mês na região metropolitana. O segmento de dois quartos liderou, com vendas de 1,657 mil moradias, 39,9% do total. Já os imóveis de três dormitórios representaram 34,2% do total comercializado, com 1.417 unidades.

Os lançamentos superaram as vendas no mês, atingindo 4,592 mil, de acordo com a Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp). No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, no entanto, foi registrado um déficit de 5,293 mil imóveis: os lançamentos somaram 23,381 mil unidades, enquanto as vendas totalizaram 28,674 mil.

(Vanessa Dezem | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host