UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

10/08/2010 - 20h20

Mexicana de Aviación busca investidores para sair de crise financeira

SÃO PAULO - A companhia Mexicana de Aviación ofereceu aos sindicatos de pilotos uma parte das ações de seu controlador, o Grupo Mexicana, em troca de novos termos contratuais de trabalho.

A empresa afirmou que está convidando novos investidores e que os atuais acionistas estão dispostos a diluir suas participações na companhia.

Desde domingo sem receber salários, os pilotos companhia aérea já tinham concordado ontem com o adiamento de seus pagamentos, para continuar voando, enquanto os assistentes de voo apresentaram planos para reduzir os custos para a empresa.

"O fato de hoje ter um compromisso por parte dos sindicatos para apoiar a viabilidade da empresa através dos custos eficientes e uma nova análise dos acordos coletivos, que se traduzirão em ações do grupo, implica um avanço importante", afirmou a companhia em um comunicado.

Em situação financeira grave, a Mexicana de Aviación buscou proteção judicial no México e nos Estados Unidos e anunciou, na semana passada, o cancelamento das vendas de bilhetes, além da redução dos voos internacionais.

Hoje, o executivo-chefe da empresa, Manuel Borja, afirmou à imprensa internacional que ela precisa de uma injeção de US$ 100 milhões a US$ 150 milhões, para continuar realizando voos.

(Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host