UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 17h12

Aécio rebate críticas de Hélio Costa sobre corrida à Presidência

SÃO PAULO - O ex-governador Aécio Neves (PSDB) rebateu hoje as declarações do candidato do PMDB ao governo de Minas Gerais, Hélio Costa, que durante uma sabatina, disse que faltou coragem e desprendimento político para o tucano ser o escolhido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto.
"Como muitas pessoas em Minas, eu tenho dificuldade em compreender como o senador não se constrange em caminhar de braços dados com quem já o atacou de forma tão violenta, como é o caso da CUT e do PT, que, num passado pouco distante, talvez até de forma injusta, chegou a pedir a impugnação da candidatura dele ao governo do Estado", declarou Aécio, por meio de nota.

Para o tucano, que é candidato ao Senado nestas eleições, coragem na vida pública significa honrar compromissos assumidos com a população, além de manter a coerência e a lealdade com suas convicções e princípios. "Por isso sempre repudiei com veemência o oportunismo político como meio de ascensão política", disse.
Na sabatina, Costa argumentou que a hipótese de Aécio concorrer à sucessão do presidente Lula surgiu após a queda do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. O peemedebista também avaliou que o ex-governador mineiro não teria espaço dentro do PSDB para concorrer à Presidência, já que o partido optaria por José Serra.

(Fernando Taquari | Valor)
Hospedagem: UOL Host