UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 07h52

Dados da China e varejo no Brasil movimentam quarta-feira

SÃO PAULO - Nesta quarta-feira, as atenções estão voltadas à reação dos agentes à rodada de dados sobre a economia chinesa. Hoje foi divulgado um crescimento de 17,9% nas vendas no varejo de julho, contra igual mês de 2009. O avanço foi menor que os 18,3% de junho e que os 18,5% estimados.
Já a produção industrial teve acréscimo de 13,4%, também no comparativo anual. Resultado dentro do previsto e pouco menor que a alta de 13,7% observada em junho.

Também foram apresentados dados de inflação. O índice de preços ao consumidor subiu 3,3% em julho no comparativo anual, resultado em linha como previsto. Já a inflação anual no atacado foi de 4,8%, abaixo dos 6% estimados pelos analistas.

Enquanto assimilam esses indicadores e pesam qual o grau de desaceleração da economia chinesa, os investidores também conhecem o desempenho do comércio varejista brasileiro no mês de junho. As expectativas oscilam entre alta de 0,5% a queda de 0,5%.

Ainda na agenda local, a Fiesp apresenta os indicadores industriais de julho e o Banco Central apresenta o fluxo cambial na primeira semana de agosto.

Nos Estados Unidos, os agentes conhecem a balança comercial de julho, a variação nos estoques de petróleo e derivados e o resultado orçamentário do Tesouro.

No front corporativo, outras duas dezenas de empresas brasileiras apresentam resultados. Estão previstos os balanços da Gurarapes, CPFL Energia, Cyrela, Banrisul, BR Properties, Cesp, Copel, CSU, Iguatemi, Lupatech, Odontoprev, Multiplan, OSX, Paranapanema, Pine, Profarma, SLC Agrícola, Suzano Papel, Trisul, Brookfield e Iochpe-Maxion.

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host