UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 18h29

Ex-executivos da Previ são convidados para depor na CCJ

A Comissão de Constituição, Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje convite para que o ex-presidente da Previ, Sérgio Rosa, e o ex-gerente executivo do órgão, Geraldo Santiago, expliquem as denúncias de que o fundo atuava como fábrica de dossiês contra adversários do PT.

Os dois serão ouvidos no dia 31 de agosto. Na sua última edição, a revista "Veja" publicou uma entrevista com Santiago, que acusa a Previ de estar à serviço de um grupo de petistas. Segundo a senadora Kátia Abreu (DEM-TO), autora do requerimento, o ex-gerente teria sido contratado por Rosa para produzir dossiês contra a oposição.

Kátia defendeu o convite aos dois e lembrou que
outros documentos teriam sido produzidos contra a oposição durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva
"Que tranquilidade podem ter os empresários deste país sabendo que podem ser vítimas de espionagem, de dossiês e de chantagem? E não pode haver apenas reprimenda pública para esses criminosos, como se fossem meninos pichadores. São homens barbados, formadores de quadrilha", afirmou a senadora.

(Fernando Taquari | Valor, com Agência Senado)
Hospedagem: UOL Host