UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 20h12

Lucro da Cyrela sobe 6,6% no trimestre, para R$ 167,4 milhões

SÃO PAULO - A construtora e incorporadora Cyrela apurou lucro líquido de R$ 167,449 milhões no segundo trimestre, superando em 6,6% o resultado líquido do mesmo período do ano passado (R$ 157,071 milhões).

Apesar do crescimento de 37,7% da receita líquida, que somou R$ 1,205 bilhão, o aumento nas despesas comerciais e o crescimento da participação de segmentos econômicos nas vendas pressionaram a margem operacional da empresa, impedindo que o saldo na linha final do balanço acompanhasse o ritmo do faturamento.

Assim, de abril a junho, o resultado operacional medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou positivo em R$ 222,751 milhões, 6,4% acima da cifra de um ano antes. Na mesma base de comparação, a margem Ebitda cedeu de 23,9% para 18,5%.

O resultado da empresa ainda foi favorecido por um saldo positivo de R$ 20,507 milhões no resultado financeiro, que reverteu as perdas de R$ 5,487 milhões nessa linha um ano antes.

No segundo trimestre, a Cyrela lançou 15 empreendimentos, com valor potencial de vendas de R$ 794,093 milhões, em montante equivalente à sua participação nos projetos. Os lançamentos da incorporadora superaram em 62,1% o total do período de abril a junho de 2009 (R$ 489,985 milhões). Já as vendas contratadas subiram 77%, para R$ 1,108 bilhão.

"O nível de atividade está de acordo com as expectativas da companhia, que historicamente lança um maior volume no segundo semestre do ano", afirma a Cyrela no balanço. Em junho, a dívida líquida da companhia alcançou R$ 1,749 bilhão, alta de 38,5% em três meses.

(Eduardo Laguna | Valor)
Hospedagem: UOL Host