UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

11/08/2010 - 11h03

Volume de vendas no varejo sobe 11,5% e bate recorde no semestre

RIO - O volume de vendas no varejo subiu 11,5% no primeiro semestre, no melhor resultado para o período desde o início da série calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2001. O resultado foi puxado por hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, cujo volume de vendas subiu 10,4% no primeiro semestre, seguido por móveis e eletrodomésticos, que registrou avanço de 20,6%.

O economista da coordenação de serviços e comércio do IBGE, Reinaldo Pereira, frisou que o primeiro trimestre, com alta de 12,8% teve desempenho superior ao segundo, quando o volume de vendas subiu 10,2% na comparação com igual período do ano passado. Para o economista, o resultado mostra que o setor de comércio está acompanhando o crescimento da economia do país. Apesar da desaceleração, o crescimento de 10,2% entre abril e junho foi o maior para um segundo trimestre desde os 11,3% de 2004.

"Se a expectativa dos analistas é de crescer 6%, provavelmente o comércio deverá acompanhar esse crescimento", disse Pereira, lembrando que no ano passado o volume de vendas no varejo subiu 5,9%, afetado pela crise financeira. "O que move o comércio é o dinheiro. Se houve aumento da massa salarial e não tem aumento do desemprego, isso assegura o crescimento do comércio", acrescentou.

O resultado de junho de 2010, igualou o de junho de 2007, com alta de 11,3% na comparação com igual mês do ano anterior, e foi o maior para junho desde os 12,9% de 2004.

(Rafael Rosas | Valor)
Hospedagem: UOL Host