UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

16/08/2010 - 09h10

IPC-S segue em queda, com deflação de 0,19% na 2ª semana de agosto

SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) manteve o ritmo de queda na segunda quadrissemana de agosto, apresentando deflação de 0,19%. A variação ficou quase em linha com o recuo de 0,18% registrado na primeira semana do mês, informou hoje a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Entre as sete classes de despesa avaliadas na semana encerrada em 15 de agosto, cinco apresentaram recuo nas taxas ante a primeira semana do mês. O grupo que mais colaborou para a desaceleração do IPC-S na última semana foi Habitação (0,27% para 0,20%), que foi puxado pela queda na Tarifa de Eletricidade Residencial, cuja variação passou de 0,64% para 0,37%, no período.

O recuo dos grupos Despesas Diversas (0,91% para 0,73%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,49% para 0,35%), Educação, leitura e Recreação (0,02% para -0,10%) e Vestuário (-0,87% para -0,90%) foi impulsionado especialmente pelos componentes Cigarro (2,12% para 1,36%), Creme Dental (0,52% para -1,54%), Passagem Aérea (-1,24% para -5,64%) e Roupas Femininas (-1,14% para -1,95%), destaca a FGV.

Das categorias que registraram avanço, o grupo Transportes (de 0,20% para 0,28%) foi influenciado pela alta dos itens Álcool Combustível (4,06% para 5,73%) e Serviços de reparo em Automóveis (0,09% para 1,02%). A menor deflação na categoria de Alimentação (-1,20% para -1,09%) foi influenciada especialmente pelos itens Carnes Bovinas (0,99% para 1,72%) e Laticínios (-1,51% para -0,95%).

(Daniela Braun | Valor)
Hospedagem: UOL Host