UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 12h35

Ibovespa segue bom humor externo e avança para 67.587 pontos

SÃO PAULO - Após ter se descolado do mercado americano nos últimos três pregões, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) volta a acompanhar a trajetória externa, diante do encerramento da temporada de balanços nacionais.

Além de a valorização das bolsas refletir a divulgação de novos números da economia dos Estados Unidos, a alta dos preços das commodities e a apreciação dos papéis da Petrobras contribuem para o desempenho do Ibovespa.

Próximo das 12h30, o índice subia 1,33%, aos 67.587 pontos, e movimentava R$ 2,3 bilhões. Este é o quarto pregão seguido de valorização do Ibovespa.

Já em Wall Street, enquanto o índice Dow Jones subia 1,33%, o Nasdaq avançava 1,68% e o S & P 500 registrava alta de 1,55%.

Entre os destaques desta jornada, a produção industrial americana aumentou 1% em julho, após recuar 0,1% um mês antes (número revisado). Na comparação anual, a produção industrial mostrou expansão de 7,7%.

Além disso, o Índice de Preços ao Produtor nos Estados Unidos (PPI, na sigla em inglês) avançou 0,2% em julho, depois do recuo de 0,5% visto em junho. Esta foi a primeira alta do indicador em quatro meses.

"Saíram dados de inflação e o grande tema atual se refere à possibilidade de deflação. O número é positivo para o humor dos mercados e contribui para a alta das commodities", diz o sócio-gestor da Humaitá Investimentos, Frederico Mesnik.

No âmbito corporativo, os papéis das petrolíferas contribuem em grande medida para a alta do Ibovespa.

Há pouco, as ações PN da Petrobras subiam 2,53%, para R$ 28,31, com giro de R$ 239,5 milhões, enquanto os papéis ON da OGX Petróleo avançavam 3,19%, a R$ 20,33, com volume negociado de R$ 146,6 milhões.

Segundo Mesnik, a apreciação das ações da Petrobras reflete a fala de ontem do ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann, de que o preço final do barril de petróleo extraído do pré-sal, que será utilizado no processo de cessão onerosa à Petrobras, será definido no dia 23.

Segundo ele, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) tem até quinta-feira para anunciar o preço calculado pela empresa certificadora contratada para avaliar as reservas da União no pré-sal.

Entre as maiores altas do Ibovespa estavam, há pouco, além dos papéis da OGX, as ações ON da PDG Realty (3,48%, a R$ 18,40), PN da TAM (3,02%, a R$ 37,11) e ON da Rossi Residencial (2,84%, a R$ 15,93).

Já entre as principais quedas do índice estavam as ações CCR Rodovias ON (-1,25%, a R$ 38,66), Vivo PN (-1,31%, a R$ 41,94) e JBS ON (-3,03%, a R$ 7,68).

(Beatriz Cutait | Valor)
Hospedagem: UOL Host