UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 20h25

Itaú Unibanco prevê crescimento da Hipercard com fim da integração

SÃO PAULO - O Itaú Unibanco aposta em uma parceria com a Redecard e o fim do processo de integração em plataformas de cartões para ampliar a penetração de sua bandeira Hipercard no território nacional.

Segundo o presidente do banco, Roberto Setubal, o término da unificação dos sistemas do Itaú Unibanco - algo previsto para o início do ano que vem - dará ao grupo uma condição melhor para comercializar a bandeira nas agências.

Fora isso, a marca de cartão passou recentemente a ter operações capturadas pela Redecard - também controlada pelo Itaú Unibanco -, o que, segundo Setubal, ajudará a bandeira ampliar sua abrangência geográfica.

Criada em 1970 para administrar o cartão de fidelidade do grupo varejista Bompreço - hoje pertencente ao Walmart -, a Hipercard tem uma base de 13 milhões de plásticos emitidos, mas ainda não tem presença consolidada em todos os Estados. Essa situação, disse o executivo, indica um alto potencial de crescimento da operação.

De acordo com Setubal, os movimentos do Bradesco, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal para relançar neste ano a bandeira Elo representam uma reação da concorrência à "forte posição" do Itaú Unibanco no mercado de cartões. "O Hipercard é o maior cartão do país", disse.

O presidente do grupo financeiro acrescentou que o término do regime de exclusividade nesse mercado é uma mudança positiva, já que tende a fomentar a competição no setor.
"As mudanças podem parecer ruins para as empresas no curto prazo, mas são muito boas no longo prazo", afirmou o executivo, acrescentando que as empresas terão que oferecer preços mais competitivos e melhor qualidade de serviços nesse ambiente. "Isso vai permitir uma expansão ainda maior desse mercado", comentou Setubal, durante apresentação em evento com analistas e investidores promovido pela Apimec.
(Eduardo Laguna | Valor)
Hospedagem: UOL Host