UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

17/08/2010 - 16h37

João Cox deixa presidência da Claro

SÃO PAULO - O executivo João Cox está deixando a presidência da Claro, após quatro anos no comando da operadora de telefonia celular controlada pelo grupo mexicano América Móvil.

Conforme anunciou a empresa em comunicado, a partir de 30 de agosto, o novo presidente da operadora será Carlos Zenteno, executivo que estava no comando das operações da Claro Argentina, Uruguai e Paraguai há seis anos.

"Agradeço a confiança que me foi depositada pelo acionista e a dedicação de todos os profissionais com quem convivi na Claro", disse Cox no comunicado da empresa. "Saio com a convicção de que o Zenteno encontrará na Claro todas as condições para seguir a trajetória de sucesso experimentada no Brasil", afirmou.

A Claro é a segunda maior operadora do mercado brasileiro, com uma base de 46,9 milhões de clientes e 25,3% de participação, segundo informações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A América Móvil iniciou há cerca de dois meses a integração entre a Claro e a Embratel, empresas do grupo, em um processo que deve durar entre um ano e meio a dois anos, conforme noticiou o Valor. A economia estimada com a integração no Brasil vai de R$ 1 bilhão a R$ 2 bilhões.

(Daniela Braun | Valor)
Hospedagem: UOL Host