UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/08/2010 - 08h51

China eleva o salário mínimo em mais de 20%

SÃO PAULO - A província de Qinghai, no nordeste da China, vai elevar o salário mínimo, tornando-se a 27ª entre as 31 províncias do país a realizar reajustes neste ano, informa a imprensa local. O novo salário mínimo vigorará a partir de 1º de setembro.

De acordo com a mídia chinesa, os aumentos concedidos até o momento ultrapassam os 20% na maior parte das províncias, sendo que em algumas regiões, chegam a 30%.

Atualmente, o salário mínimo de Shanghai, de 1.120 yuan (US$ 165), é o mais alto do país. Há regiões, entretanto, em que o valor do mínimo é de 580 yuan (US$ 84,97).
Com a recuperação da economia mundial, a China retomou sua política de aumento salarial iniciada em fevereiro. Os reajustes haviam sido congelados em novembro de 2008 devido à crise financeira global. A escassez de mão-de-obra em algumas regiões, destaca a imprensa chinesa, incentivou o governo a acelerar os reajustes.
(Francine De Lorenzo | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host