UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

18/08/2010 - 14h06

CSN poderá listar Casa de Pedra também na Bolsa de Nova York

SÃO PAULO - A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da mina Casa de Pedra, da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), pode incluir a entrada da unidade de mineração na Bolsa de Nova York.

Segundo afirmou hoje o diretor financeiro da empresa, Paulo Penido, a CSN pode optar por abrir o capital da empresa na BMF & Bovespa, ao mesmo tempo em que lista a companhia no mercado financeiro americano.

"Vamos analisar as alternativas e sugerir ao conselho. Algumas empresas ficam em dúvida se abrem em Londres ou em Nova York, mas a tendência é que abramos em NY, já que temos uma experiência de sucesso por lá", disse o executivo, em evento em São Paulo, que contou com a presença dos executivos da Nyse Euronext, empresa controladora da Bolsa de Nova York e das bolsas europeias, com a marca Euronext.

A CSN, que já é listada na Nyse desde 1997, verificou um aumento da liquidez de seus ativos, desde sua entrada no mercado americano. "O fato de estarmos listados em NY ajuda muito", constatou Penido. Dentre as vantagens que o mercado americano trouxe à companhia, o executivo citou o aumento da visibilidade da empresa e a maior quantidade de alternativas para levantamento de capital. Sobre a data do IPO da Casa de Pedra, Penido mais uma vez evitou falar em prazos, mas destacou que as negociações com os acionistas asiáticos da unidade produtora de minério de ferro Namisa estão "transcorrendo bem".

(Vanessa Dezem | Valor)
Hospedagem: UOL Host