UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/08/2010 - 19h38

Coreia do Sul bloqueia conta norte-coreana no Twitter

SÃO PAULO - A Coreia do Sul bloqueou o acesso direto a uma conta criada recentemente pelo governo norte-coreano no microblog Twitter, em um esforço aparente para conter o rápido aumento de seguidores do perfil pelos cidadãos sul-coreanos.

De acordo com a agência de notícias Yonhap News, ao tentar acessar o link http://twitter.com/uriminzok os cidadãos sul-coreanos agora visualizam uma página que alerta para conteúdo ilegal. Páginas similares são exibidas quando o internauta tenta acessar sites com material de propaganda do governo comunista norte-coreano.
A Coreia do Norte criou um perfil no Twitter e um canal no site de vídeos YouTube, na última semana, para divulgar conteúdos que defendem o governo comunista, além de fazer críticas à Coreia do Sul e aos Estados Unidos. O perfil no Twitter já conta com mais de 8.600 seguidores, embora os cerca de 24 milhões de cidadãos norte-coreanos não tenham acesso à internet no país.

Na terça-feira, as autoridades de comunicações da Coreia do Sul sinalizaram a possibilidade de bloquear o acesso de seus cidadãos tanto à conta do governo norte-coreano no Twitter como no YouTube.
Atualmente, 65 sites que fazem apologia ao governo da Coreia do Norte são bloqueados para os mais de 39,4 milhões de internautas sul-coreanos. A tentativa de acesso e divulgação dos sites bloqueados é considerada ilegal no país e pode levar os infratores à prisão.

(Daniela Braun | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host