UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/08/2010 - 13h18

Na BM & FBovespa, Marina defende esforço fiscal para ampliar poupança

SÃO PAULO - A candidata do PV à Presidência, senadora Marina Silva, iniciou hoje sua agenda de campanha na BM & FBovespa, em São Paulo. O evento faz parte da série de encontros da instituição com presidenciáveis e tem o objetivo de apresentar aos candidatos a agenda do mercado de capitais.
Segundo Edemir Pinto, presidente da BM & FBovespa, as propostas do setor podem ser resumidas com base no trinômio desenvolvimento sustentável, financiamento equilibrado e crescimento e democratização do capital.
"Nos últimos anos, tivemos um grande desenvolvimento deste mercado [de capitais], que assumiu um papel de destaque na formação de poupança e no financiamento da expansão das empresas", disse Edemir.

Ao discursar para a pequena plateia de investidores, Marina defendeu o aumento dos investimentos públicos e privados e reconheceu que o país tem uma baixa capacidade de poupança de longo prazo. "O governo não faz a sua parte. Nossa capacidade de investimentos é subtraída pelos gastos correntes", ressaltou a senadora.

Segundo ela, os investimentos são fundamentais para alavancar a economia nacional. "Nossa poupança urbana está aquém da necessidade que temos. Por isso, precisamos de um esforço do setor público e privado", acrescentou.
Marina também fez questão de destacar a iniciativa da BM & FBovespa de oferecer cursos de educação financeira voltados para jovens. "Sem isso, não vamos conseguir educar para o hábito da poupança", frisou a candidata, lembrando que o seu plano de governo prevê um avanço no número de pequenos investidores.

No encontro, empresários pediram para a senadora que avaliasse a possibilidade de introduzir nas escolas públicos a educação financeira como disciplina. Marina prometeu estudar a proposta com carinho e argumentou que a hipótese já está sendo avaliada pelo Ministério da Educação.

(Fernando Taquari | Valor)
Hospedagem: UOL Host