UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/08/2010 - 13h52

Preço do petróleo diminui mais de US$ 1 em Londres e Nova York

SÃO PAULO - Os investidores e operadores nos mercados de petróleo reavaliam os estoques de produtos energéticos dos Estados Unidos, divulgados ontem, e estudam novos dados referentes à economia americana.

O Departamento do Trabalho dos EUA mostrou que mais americanos foram em busca de seguro-desemprego. Os novos pedidos do benefício subiram em 12 mil na semana passada, para 500 mil, contrariando as previsões de alguns analistas.

Na jornada passada, o Departamento de Energia dos EUA revelou que as reservas de petróleo cru caíram de 355 milhões de barris na semana de 6 de agosto para 354,2 milhões de barris uma semana depois. Os níveis de destilados foram de 173,1 milhões para 174,2 milhões de barris.

Minutos atrás, em Londres, o Brent para outubro recuava US$ 1,27, transacionado a US$ 75,20. O contrato de novembro baixava US$ 1,33, para US$ 75,66.

Em Nova York, o WTI com entrega em setembro era transacionado a US$ 74,26, declínio de US$ 1,16. O vencimento de outubro diminuía US$ 1,14, saindo a US$ 74,64.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host