UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

19/08/2010 - 13h51

Última brigada americana de combate deixa o Iraque

SÃO PAULO - A última brigada de combate do Exército dos Estados Unidos deixou na madrugada de hoje o Iraque, mais de sete anos após a invasão liderada por Washington. "É a última brigada de combate, o que não quer dizer que não existam mais tropas de combate no Iraque", acrescentou o tenente-coronel Eric Bloom, porta-voz militar americano.
Mesmo após o dia 1º de setembro, prazo para o encerramento completo da missão de combate, cerca de 50 mil soldados americanos ainda continuarão no Iraque para treinar as Forças Armadas do país. A chamada "Operação Novo Amanhecer" deve durar até o fim do ano que vem, conforme prevê acordo assinado entre os dois países em 2008.

Durante os conflitos no Iraque mais de 4 mil soldados americanos foram mortos e os gastos estimados pelo governo estão em US$ 1 trilhão.

(Ana Luísa Westphalen | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host