UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 10h03

Atividade cresce na Alemanha impulsionada pelo setor de serviços

SÃO PAULO - A atividade econômica privada da Alemanha continua em forte recuperação, impulsionada desta vez pelo crescimento do setor de serviços. Em agosto, o índice de produção composto do país, que engloba serviços e o segmento manufatureiro, marcou 59,3 pontos, ante os 59 pontos apurados na leitura anterior, informou hoje o instituto de pesquisas Markit Economics.

O destaque ficou por conta do índice de atividade do setor de serviços, que saiu dos 56,5 pontos em julho para 51,5 pontos, a maior alta dos últimos três anos. Segundo a pesquisa, os prestadores de serviços apontam que a atividade econômica está crescendo em um ritmo mais rápido, o que impulsionou o otimismo das empresas do segmento. Já o índice de produção industrial recuou para 60,9 pontos em agosto, ante 63,6 pontos.

"O crescimento mais acentuado no setor de serviços representa um novo impulso para a retomada da economia alemã em agosto", observa o instituto, em nota. A pesquisa destaca que, com alguns fabricantes reportando preocupações a respeito das perspectivas para o comércio global, um desempenho robusto do segmento será "crucial" para a recuperação econômica da Alemanha.

Em agosto, o índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) para o setor industrial ficou em 58,2 pontos, ante 61,2 na leitura anterior, marcando o nível mais baixo dos últimos seis meses. O instituto destaca um abrandamento dos encargos cobrados aos fabricantes.

De acordo com a metodologia usada pelo Markit, o nível dos 50 pontos representa estabilidade do setor. A pontuação superior a este patamar indica expansão, enquanto um nível inferior significa contração da atividade.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)
Hospedagem: UOL Host