UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 09h17

Atividade na zona do euro perde força em agosto

SÃO PAULO - A recuperação da economia na zona do euro perdeu fôlego em agosto, segundo levantamento da empresa de pesquisas Markit Economics. O índice composto que mede a atividade econômica na região formada pelos 16 países que adotam a moeda comum recuou de 56,7 em julho para 56,1 neste mês, o menor patamar dos últimos dois meses. Apesar da redução, o indicador permanece acima dos 50 pontos, que separa a expansão da contração.

O indicador de serviços também atingiu a mínima em dois meses, ao sair de 55,8 para 55,6. O Índice dos Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) do setor manufatureiro registrou a menor marca em seis meses, ao passar de 56,7 em julho para 55 em agosto.
Em relatório, a Markit Economics destaca que o resultado total da zona do euro oculta as "preocupantes divergências" entre as economias da região. O crescimento na zona do euro, segundo a Markit, continua sendo dependente da Alemanha e da França. Os demais países estão praticamente estagnados.
A desaceleração verificada em agosto, avalia a empresa de pesquisa, é reflexo do abrandamento da taxa de expansão de novos negócios. Apesar disso, o emprego na região teve ampliação pelo quarto mês consecutivo.

(Francine De Lorenzo | Valor)
Hospedagem: UOL Host