UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 15h00

Bolsas europeias avançam com ações de commodities e bancos

SÃO PAULO - As bolsas europeias fecharam em alta nesta segunda-feira, com destaque para os papéis de commodities, apesar de indicadores ainda apontarem desaceleração da economia.

Em Londres, o FTSE 100 terminou aos 5.235 pontos, com alta de 0,76%; em Paris, o CAc 40 subiu 0,77%, para 3.553 pontos; e em Frankfurt, o DAX avançou 0,10%, para 6.011 pontos.

As ações da Anglo American registraram alta de 0,9%, Rio Tinto avançou 0,5% e BHP Billiton fechou com ganho de 0,6%. Os papéis do setor de mineração refletiram notícias sobre a disputa eleitoral na Austrália. As eleições realizadas neste final de semana deixaram o parlamento australiano sem maioria pela primeira vez em 70 anos, o que alimentou as especulações quanto a um possível adiamento ou até mesmo a suspensão do imposto a ser aplicado sobre o setor.

As ações da BHP reagiram ainda à notícia de que o conselho da canadense Potash rejeitou a oferta hostil. A empresa observou que foi abordada por outras empresas que manifestaram interesse em considerar transações alternativas. Os papéis da Potash subiram 2%.

Ainda no campo corporativo, o HSBC informou que está negociando com o Old Mutual a compra de 70% do Nedbank Group, da África do Sul, por US$ 6,8 bilhões. As ações do HSBC ganharam 0,9%, enquanto o Old Mutual subiu 3,2%. A cervejaria SABMiller fechou com alta de 1,7% na bolsa de Londres após a notícia de que negocia a compra das operações de cerveja da australiana Foster. Os papéis da maior cervejaria da Austrália subiram 8%.

Entre os indicadores econômicos do dia, a atividade na zona do euro perdeu força em agosto, segundo a Markit Economics. O índice composto que mede a atividade econômica na região recuou de 56,7 em julho para 56,1 neste mês, o menor patamar dos últimos dois meses.

Já na Alemanha, a atividade econômica continua em forte recuperação, impulsionada pelo setor de serviços. Em agosto, o índice de produção composto do país marcou 59,3 pontos, ante os 59 pontos apurados na leitura anterior.

(Téo Takar | Valor, com agências internacionais)
Hospedagem: UOL Host