UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 16h05

Hidrelétrica de Santo Antônio terá potência ampliada para 3.450 MW

BRASÍLIA - O presidente da Santo Antônio Energia, Eduardo de Melo Pinto, informou que a potência da hidrelétrica de Santo Antônio, no rio Madeira, em Rondônia, deverá ser ampliada de 3.150 megawatts (MW) para 3.450 MW.

Segundo ele, nas próximas semanas será encaminhado à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) um pedido para ampliar o número de turbinas da hidrelétrica, de 44 para 48. "As novas turbinas devem gerar um acréscimo de R$ 500 milhões, sem incluir o custo adicional com obras civis", disse o executivo.

Hoje, a Aneel autorizou a usina a antecipar em um ano o prazo o início da geração, de dezembro de 2012 para dezembro 2011. Com a antecipação, serão colocadas em funcionamento oito turbinas, com capacidade de 71,6 MW cada. As mudanças no projeto para viabilizar a antecipação demandaram investimento adicional de R$ 150 milhões.

Ao longo do período de um ano de antecipação do seu funcionamento, a usina gerará entre 10,5 mil e 11 mil gigawatts-hora (GWh). Esse montante deverá ser negociado no mercado livre, para grandes consumidores. Nesse ambiente de negociação, é possível obter maior retorno financeiro da energia vendida.

"É positivo para o país e também para os sócios que formaram o consórcio. Eles terão condições de alcançar um maior equilíbrio financeiro. É um jogo de ganha-ganha", disse o diretor-geral da Aneel, Nelson Hubner.

Segundo ele, a expectativa é de que haja antecipação também na geração da hidrelétrica de Jirau, também no rio Madeira, em Rondônia. No entanto, ele ressaltou que o pedido ainda não foi formalizado.

Hubner disse ainda que, na semana passada, foi encaminhada ao Ministério de Minas e Energia toda a documentação necessária para assinatura do contrato de concessão da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará.

(Rafael Bitencourt | Valor)
Hospedagem: UOL Host