UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 15h58

Ibovespa opera em baixa pelo 3º pregão; ações da Vale caem 1,84%

SÃO PAULO - Apesar da volatilidade das bolsas americanas, o mercado doméstico continua registrando perdas no pregão, pressionado principalmente pelo desempenho dos papéis da Vale.

Próximo das 16h, o Ibovespa recuava 0,48%, aos 66.354 pontos, com volume financeiro negociado de apenas R$ 2,982 bilhões. Esta é a terceira baixa seguida do índice.

Em Wall Street, no mesmo horário, o Dow Jones subia 0,19%, o Nasdaq tinha baixa de 0,38% e o S & P 500 se valorizava em 0,17%.

Em um pregão esvaziado de indicadores econômicos, os investidores acompanham de perto as notícias do front corporativo.

No Brasil, a possibilidade de aquisição da Potash Corp. pela Vale está se refletindo nos preços dos papéis da mineradora.

O Conselho de Diretores da Potash Corporation of Saskatchewan Inc. votou por unanimidade pela rejeição da oferta não solicitada feita pela BHP Billiton para adquirir as ações em circulação da companhia.

A Potash, entretanto, informou que foi abordada e iniciou contato com uma série de "terceiras partes que manifestaram interesse em considerar transações alternativas".

Na semana passada, o Wall Street Journal (WSJ) havia reportado que alguns analistas já tinham cogitado que a Vale e a Rio Tinto seriam os compradores mais lógicos para a Potash.

A equipe de análise da Itaú Corretora, entretanto, não vê como provável a transação. "De acordo com os últimos feedbacks que os analistas Marcos Assumpção e Alexandre Miguel têm tido sobre o assunto, executivos da Vale afirmaram que não têm intenção de comprar a fabricante canadense de fertilizantes Potash e que novas aquisições, caso ocorram, serão voltadas para empresas menores. A empresa confirmou que foca em crescimento orgânico e que está estudando a abertura de capital de seu negócio de fertilizantes", apontou o Itaú, em relatório enviado a clientes.

Há pouco, os papéis PNA da Vale perdiam 1,84%, a R$ 42,55, enquanto as ações ON cediam 2,49%, para R$ 114,2 milhões. Já os papéis PN da Petrobras subiam 0,56%, a R$ 26,93. As principais altas do Ibovespa partiam de Souza Cruz ON (2,00%, a R$ 79,47), OGX Petróleo ON (1,46%, a R$ 20,75) e Gafisa ON (1,22%, a R$ 12,35).

Já as maiores baixas do índice vinham dos papéis Braskem PNA (-2,70%, a R$ 14,39), Telemar Norte Leste PNA (-2,96%, a R$ 47,05) e JBS ON (-3,94%, a R$ 7,30).

(Beatriz Cutait | Valor)
Hospedagem: UOL Host