UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 16h16

Lula diz que não vai processar Serra por uso de imagem em propaganda

SÃO PAULO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje, em São Paulo, que não vai entrar na Justiça contra o candidato do PSDB à Presidência, José Serra. O tucano utilizou imagens de Lula em seu horário eleitoral gratuito, o que motivou o PT a encaminhar uma representação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Os petistas querem a proibição do uso das imagens do presidente na propaganda de Serra. O tribunal, no entanto, argumentou que só o presidente poderia reclamar da utilização da imagem sem autorização.

"Não vou entrar na Justiça contra ninguém. O partido que tem que fazer as brigas, não eu", disse o Lula após ser homenageado pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib).

Apesar disso, afirmou que não precisa dar nenhum tipo de explicação aos eleitores, que não ficarão confusos, porque já conhecem sua posição política nestas eleições. "Todo mundo sabe que tenho candidata, que tenho partido, todo mundo sabe quem eu quero que seja a presidente da República", declarou Lula ao se referir a candidata Dilma Rousseff (PT).
Mesmo com a garantia de que não processará nenhum adversário por conta das imagens, o presidente condenou o que considerou uma tentativa de enganar a população. "É sempre muito ruim pessoas que acham que, em momentos de eleição, é possível enganar a sociedade, colocando uma imagem com pessoas com as quais tem participação política contrária".

Por outro lado, Lula disse que não estranha o fato de Serra fazer campanha sem fazer críticas a ele. "Antes de ser candidato e presidente, temos relações políticas. A pessoa pode até falar bem, mas não há porque falar mal", avaliou o presidente. Segundo ele, a vida continua após as eleições no dia 3 de outubro. "A gente vai se encontrar nas esquinas de São Paulo e vai conversar como amigo, gente civilizada", acrescentou.

(Fernando Taquari | Valor)
Hospedagem: UOL Host