UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

23/08/2010 - 12h45

Questionada pela CVM, JBS diz que vai decidir futuro da Inalca

SÃO PAULO - Questionada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na semana passada a respeito do impasse envolvendo a sociedade com o grupo italiano Cremonini, a JBS comunicou hoje seus acionistas que o Conselho de Administração da companhia vai chegar, "em momento oportuno", a uma solução para a disputa.

A JBS, que adquiriu metade do capital da Inalca em 2007, reiterou que considera três alternativas para resolver a questão: a divisão dos ativos entre os sócios, a recompra de sua participação pela Cremonini ou a aquisição dos outros 50% do sócio italiano.

Na semana passada, a companhia chegou a divulgar um comunicado, na Itália, afirmando que está disposta a receber uma "oferta formal" do grupo Cremonini por sua participação de 50% na Inalca JBS.

A disputa entre as companhias começou em julho. No início de agosto, a questão foi parar na Câmara de Comércio Internacional, em Paris, quando a JBS arquivou um pedido solicitando intervenção do órgão para arbitrar o impasse com os sócios estrangeiros. O grupo Cremonini acusa a JBS de quebrar compromisso de não concorrência e exclusividade. O argumento é que a aquisição da Bertin pela sócia brasileira, em setembro do ano passado, gerou conflito de interesse entre as sócias.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)
Hospedagem: UOL Host