UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/08/2010 - 18h19

Agrenco consegue suspender cobranças na Justiça da Holanda

SÃO PAULO - A Agrenco NV - empresa que controla indiretamente as operações da Agrenco no Brasil - entrou hoje com um pedido na Justiça da Holanda para suspender as ações de cobrança de dívidas contra a companhia.
O pedido já foi aceito e entra em vigor imediatamente, segundo comunicado divulgado pela Agrenco Limited, controladora da Agrenco NV, e cujos BDRs listados na Bovespa estão com negociação suspensa desde fevereiro.

"Ela assegura a continuidade da empresa, enquanto esta busca a composição com seus credores, que deverá iniciar-se em no máximo 60 dias - preservando, desta forma, a Agrenco Ltd e seus acionistas", afirma a empresa.

A suspensão de pagamentos não afeta o plano de recuperação das empresas brasileiras do grupo. A Agrenco NV tem dívidas vencidas e não renegociadas com onze bancos internacionais, no valor original de US$ 268 milhões. Destes, sete bancos, que representam 93% da dívida, estão incluídos no plano de recuperação judicial no Brasil.

A Agrenco afirma que vinha mantendo negociações com os sete bancos credores para que as dívidas vencidas não fossem executadas. No entanto, as negociações deixaram de progredir a partir de 21 de junho.

Entre os dias 5 e 12 de agosto, a Agrenco NV recebeu notificações de quatro desses seus credores, titulares de mais de metade das dívidas vencidas, exigindo o pronto pagamento das mesmas. Além disso, outros dois credores conseguiram vitórias na Justiça inglesa em ações de cobrança contra a companhia.

Um dos credores voltou a notificar a Agrenco NV, dando prazo final até 31 de agosto para pagamento. As cobranças superam 75% do passivo total da companhia.

A suspensão dos pagamentos poderá ser revertida pela Justiça holandesa caso a Agrenco NV ou seus acionistas fechem acordo com os credores e apresentem um plano de pagamentos.

(Téo Takar | Valor)
Hospedagem: UOL Host