UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/08/2010 - 17h46

ANTT confirma interesse de Petros, Funcef e Previ no trem-bala

BRASÍLIA - O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, confirmou hoje que os fundos de pensão estão interessados em investir no projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV), o trem-bala que interligará as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas.
O diretor da agência reguladora citou os fundos de pensão dos funcionários da Petrobras (Petros), do Banco do Brasil (Previ) e da Caixa Econômica federal (Funcef).

Figueiredo considera importante o interesse dos fundos de pensão em formar um "fundo de investimento em participações". Segundo ele, o ingresso deste fundo ocorreria somente após a abertura dos envelopes, sem interferir na fase de disputa entre os consórcios internacionais.

"O fundo de investimento deve ser criado avaliando a ideia de chamar investidores puros para fazer acordos com os grupos e entrar neutro na licitação já com parâmetros de rentabilidade, mas sem compor necessariamente com o grupo. Acho isso importante, porque amplia a competitividade", disse Figueiredo ao sair de reunião com a ministra chefe da Casa Civil, Erenice Guerra.

O diretor da ANTT informou ainda que uma nova reunião de esclarecimento na BMF & Bovespa deve ser realizada no dia 2 de setembro. Segundo ele, a sessão servirá para apresentar os detalhes e os procedimentos previstos no edital.

Os consórcios internacionais interessados em participar do edital terão até o dia 29 de novembro para entregar os envelopes contendo a documentação da pré-qualificação e a proposta econômica. O anúncio do grupo vencedor será no dia 16 de dezembro.

(Rafael Bitencourt | Valor)
Hospedagem: UOL Host