UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/08/2010 - 13h55

Brasil pode crescer 7% ao ano até 2014 sem risco de apagão, diz EPE

RIO - O Brasil tem condições de ver a economia crescer 7% ao ano até 2014 sem riscos de falta de energia. A afirmação foi feita pelo presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, para quem o expressivo aumento de 13,7% no consumo de energia pela indústria em julho, atingindo o recorde de 15.915 gigawatts hora (GWh), não é motivo de preocupação para o fornecimento.

"Está havendo um crescimento industrial grande, depois do buraco no ano passado. Recuperou o nível e está crescendo além daquele buraco", disse o executivo, lembrando que em 2009 houve um tombo no consumo de energia no país, principalmente no setor industrial, por conta a crise financeira internacional.

De acordo com Tolmasquim, caso do Produto Interno Bruto (PIB) do país cresça a uma taxa média de 5% até 2014, haverá uma sobra de energia de cerca de 5,8 mil megawatts (MW) médios de energia. O presidente da EPE garantiu que o país teria de crescer a uma média de 7% ao ano para zerar essa sobra. "E 7% ao ano é muita coisa", frisou.

(Rafael Rosas | Valor)
Hospedagem: UOL Host