UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/08/2010 - 10h21

Obra de Belo Monte terá Andrade, Camargo e Odebrecht, diz Eletrobras

RIO - O presidente da Eletrobras, José Antônio Muniz Lopes, confirmou que Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Odebrecht vão participar das obras civis da hidrelétrica de Belo Monte, que será construída no rio Xingu, no Pará.

"Eu tenho certeza de que as empresas vão participar. Eu sei que elas estarão ao lado da OAS e da Queiroz Galvão. Mas com que pedaço cada um ficou e com o que vai ficar, se na casa de força principal, na casa de força auxiliar ou nos canais, não sei", frisou Muniz Lopes, que participa de evento promovido pelo Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) da UFRJ, no Rio de Janeiro. "Não podemos prescindir, se há condições de que participem, pela dimensão do projeto", acrescentou.

O executivo voltou a defender o processo de licitação executado pelo governo para concessão da usina e frisou que a Norte Energia, como empresa privada, pode contratar qualquer empresa para realização da obra, mesmo empreiteiras que participaram do leilão e não conseguiram vencer, caso da Andrade Gutierrez.

Muniz Lopes ressaltou que, por enquanto, as empreiteiras entrarão apenas para realizar a obra e que qualquer mudança futura no consórcio depende da cúpula da Norte Energia.

De acordo com o presidente da estatal, os contratos de outorga e concessão do empreendimento deverão ser analisados em reunião de diretoria e assinados amanhã.
(Rafael Rosas | Valor)
Hospedagem: UOL Host