UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

24/08/2010 - 15h22

Petrobras é a companhia com maior perda de valor na América Latina

SÃO PAULO - A Petrobras foi apontada como a empresa com a maior perda em valor de mercado entre as companhias de capital aberto da América Latina, em levantamento feito pela Economatica. No acumulado do ano até o dia 23 de agosto, o valor em bolsa da estatal havia recuado 28,2%, ou US$ 56,2 bilhões, para um total de US$ 143,2 bilhões.

A análise da Economatica levou em consideração o valor de mercado de 751 empresas de capital aberto da América Latina, em um cálculo que descarta as ações em tesouraria.

Das 20 maiores "perdedoras" do ranking, 16 empresas são brasileiras. Logo atrás da Petrobras, a Eletrobras ficou com a segunda posição do levantamento, com uma redução de 36,1%, ou US$ 8,3 bilhões, em seu valor de mercado no acumulado do ano, para US$ 14,7 bilhões.

O terceiro lugar ficou coma Gerdau que, até ontem, havia perdido quase 20% em valor de mercado, para US$ 17,5 bilhões.

O levantamento da Economatica ainda revelou que o setor de telecomunicações é o que possui mais empresas na lista, com cinco representantes, seguido por siderurgia e metalurgia, com quatro companhias. No segmento financeiro, figuraram o Itaú Unibanco e o Santander Brasil.

Além das companhias brasileiras, apareceram no ranking da Economatica uma empresa argentina e três mexicanas.

Petrobras x Microsoft
Estudo complementar feito pela Economatica ainda mostrou que, quando comparada às quedas das empresas americanas no ano, a perda da Petrobras só seria menor que a da Microsoft, cujo valor de mercado já recuou US$ 60,5 bilhões no período.

(Beatriz Cutait | Valor)
Hospedagem: UOL Host