UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/08/2010 - 14h49

Dólar sai a R$ 1,768, leve alta de 0,16%

SÃO PAULO - As ordens de compra seguem determinando a formação de preço no mercado de câmbio local. Por volta das 14h50, o dólar comercial subia 0,16%, a R$ 1,768 na venda. Na máxima a moeda foi a R$ 1,778.

No mercado futuro, o dólar com vencimento em setembro, negociado na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), caía 0,28%, a R$ 1,769, mas chegou a fazer mínima a R$ 1,7685.

Sem mudança de cenário, a tomada de posições continua influenciada pela fragilidade do mercado externo. Hoje, os investidores receberam novos sinais de debilidade da economia americana, com menores encomendas por bens duráveis, e queda de 12,4% na venda de imóveis novos no mês de julho.

Segundo operadores, o dólar deveria estar acima de R$ 1,80 com facilidade em função do aumento na aversão ao risco. No entanto, fatores domésticos, como a capitalização da Petrobras, que pode resultar em grande fluxo de dólares para o país, limitam o potencial de alta da moeda.

Em Wall Street, o Dow Jones continua brigando para defender os 10 mil pontos. Sempre que o índice vai abaixo de tal linha, tem início um movimento de recuperação. Há pouco, o indicador perdia 0,11%, aos 10.028 pontos. O Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), amplifica o sinal externo negativo e cai 1,16%.

Apesar de todo esse pessimismo, o VIX, índice que mede a volatilidade das opções do mercado americano e é visto como um termômetro do medo do mercado, subia apenas 0,47%, para 27,5 pontos.

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host