UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/08/2010 - 11h47

Fundos de pensão podem ajudar no desenvolvimento do país, diz Coutinho

RIO - O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, acredita que os fundos de pensão e de previdência privada são de extrema importância para o financiamento de longo prazo no país, principalmente para projetos de infraestrutura, sendo importantes para o desenvolvimento brasileiro.
Por tratar-se de um grande volume de poupança, os recursos acabam sendo ideais, segundo Coutinho, para aquele tipo de infraestrutura mais relevante para assegurar o avanço da competitividade e o avanço das condições para o crescimento da economia.

"Sendo a poupança do país, os fundos ajudam a prover capital de longo prazo, poupança de longo prazo para empreendimentos que dificilmente obtêm condições adequadas de funding, notadamente para projetos que requerem uma duração mais longa. Refiro-me principalmente a projetos de infraestrutura", disse o presidente. Ele abriu o 1º Fórum de Participantes dos Fundos de Pensão, na sede do banco, no Rio.

Além disso, o presidente lembrou que o sistema de previdência privada é precioso também para a vida dos trabalhadores, dos contribuintes, que passam a ter uma perspectiva de renda futura, de segurança patrimonial. Por isso, os fundos representariam "um dos elementos fundamentais da qualidade de vida", um elemento-chave para o bem-estar da sociedade.

"A grande maioria dos fundos de pensão se encontra saudável. É muito relevante para o Brasil que continue e até se acelere a ampliação da base de participantes de fundos previdenciários", opinou Coutinho.
Para ele, é importante ainda que se aperfeiçoem as condições de segurança jurídica, de monitoramento, de transparência e da qualidade da gestão. "Portanto, esse é um sistema precioso para o país", acredita.

(Juliana Ennes | Valor)
Hospedagem: UOL Host