UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

25/08/2010 - 16h12

Investidor realiza lucros e DIs longos sobem na BM & F

SÃO PAULO - Depois de praticamente duas semanas seguidas de baixa, os contratos de juros futuros de prazo mais dilatado tiveram um pregão de alta na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F).

Antes do ajuste final de posições, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2012 ganhava 0,11 ponto, a 11,24%. Janeiro de 2013 subia 0,10 ponto, 11,28%. Janeiro 2014 avançava 0,11 ponto, 11,22%.

Entre os curtos, setembro de 2010 cedeu 0,02 ponto, a 10,61%. Outubro de 2010, o mais líquido do dia, apontava estabilidade a 10,66%. E janeiro de 2011 ganhava 0,01 ponto, a 10,69%.

A liquidez permaneceu elevada. Até as 16h15, foram negociados 1.403.645 contratos, equivalentes a R$ 123,72 bilhões (US$ 69,79 bilhões), em linha com o registrado ontem. O vencimento outubro de 2010 foi o mais negociado, com 419.900 contratos, equivalentes a R$ 41,55 bilhões (US$ 33,44 bilhões).

Segundo o operador de juros do Banco Prosper, Rodrigo Maranhão, os vencimentos longos passam por uma realização de lucros. O mesmo investidor estrangeiro que aplicou nas últimas semanas, puxando os vencimentos para baixo, estaria, agora, embolsando os ganhos.

O que garante caráter técnico para essa inclinação na curva é que o pano de fundo do mercado não se alterou. Segundo Maranhão, o cenário externo segue pautado pela incerteza, o que leva os agentes a fugir do risco e correr par a renda fixa e títulos públicos.

Tal quadro não é verdadeiro apenas no Brasil, mas segue válido para os Estados Unidos, Alemanha e outras economias europeias.

Olhando agora os vencimentos mais curtos, Maranhão explica que falta de ação se justifica pelo consenso de que o Banco Central deve manter a Selic em 10,75% não só na reunião da semana, mas até o fim de 2010.

Para 2011, o operador ainda acha cedo para fazer prognósticos, mas aponta que o mercado de opções de juros já mostra apostas de manutenção da taxa básica até abril do ano que vem.

(Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host