UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

02/09/2010 - 12h53

Após compra da CPM Braxis, Bradesco terá participação de 20%

SÃO PAULO - Após a conclusão da compra de 55% do capital da CPM Braxis pela francesa Capgemini, anunciada hoje, o Bradesco ficará com 20% de participação na empresa. Segundo comunicado ao mercado, a instituição financeira, até então a maior acionista da CPM Braxis, venderá 35% das ações da companhia brasileira por R$ 104 milhões.

Como adiantou o Valor, a Capgemini, empresa francesa de serviços de Tecnologia da Informação (TI), assumirá o controle da CPM Braxis, uma das maiores empresas brasileiras do setor. O valor do negócio chegou a R$ 517 milhões, o que avalia o total da CPM Braxis em R$ 970 milhões, segundo comunicado pelos franceses.

A expectativa é de que a operação seja concluída no começo de outubro. Pelo acordo, a Capgemini ainda tem direito a comprar os 45% restantes do capital da CPM Braxis, mas essa opção só poderá ser exercida em um prazo de três a cinco anos.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)
Hospedagem: UOL Host