UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

06/09/2010 - 16h40

DIs encerram em baixa em dia de pouca liquidez

SÃO PAULO - Os contratos de juros futuros encerraram o pregão de segunda-feira apontando para baixo na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F). Segundo o economista-chefe da Máxima Asset, Elson Teles, não se pode pensar em nada além de um mero ajuste de posições em função da baixa liquidez do dia.

O número de contratos negociados foi um dos menores do ano, resultado do feriado em Wall Street e do feriado que deixará os mercados locais fechados amanhã.

Até as 16h10, foram negociados 117.470 contratos, equivalentes a R$ 9,69 bilhões (US$ 5,61 bilhões), apenas um quinto do registrado na sexta-feira. O vencimento janeiro de 2011 foi o mais negociado, com 19.035 contratos, equivalentes a R$ 1,81 bilhões (US$ 1,62 bilhões).

Antes do ajuste final de posições, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2012 apontava baixa de 0,03 ponto, a 11,34%. Janeiro de 2013 caía 0,05 ponto, a 11,59%. E janeiro 2014 devolvia 0,02 ponto, 11,54%.

Entre os curtos, outubro de 2010 mostrava estabilidade a 10,64%. Novembro de 2010 não foi negociado. E janeiro de 2011, o mais líquido do dia, projetava 10,65%, sem oscilação.

Na agenda do dia apenas o boletim Focus, do Banco Central, que atualizou as projeções do mercado sobre as principais vaiáveis macroeconômicas. No entanto, conforme notou Teles, as mudanças ficaram dentro do previsto. O ajuste mais relevante de projeção foi observada no Produto Interno Bruto (PIB), que apropriou o crescimento acima do esperado de 1,2% da economia no segundo trimestre. A mediana subiu de 7,09% para 7,34%.

Pelo lado da inflação, a sondagem do BC mostrou estabilidade na projeção para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 5,07% agora em 2010. Para 2011, a mediana cedeu de 4,87% para 4,85%. Mas o IPCA projetado em 12 meses subiu de 4,99% para 5,03%.

Depois de 23 semanas estável, a mediana para a taxa de câmbio no final de 2010 saiu de R$ 1,80, para R$ 1,79. O câmbio projetado para 2011 cedeu de R$ 1,85 para 1,83.

Os principais eventos para o mercado de juros nesta semana acontecem na quinta-feira, quando será divulgada a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) e o IPCA de agosto. (Eduardo Campos | Valor)
Hospedagem: UOL Host